quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

A Verdadeira Adoração

A Verdadeira Adoração e Culto a Deus
21-02-2008

Quando falamos em adoração logo nos vem à mente música lenta, um dirigente a frente de uma banda conduzindo uma congregação a cantar para Deus, pessoas com as mãos erguidas chorando, orando, falando em línguas etc.
Essa imagem é própria do que vivemos atualmente no nosso meio, associamos música à adoração o que não é errado e faz parte inclusive, tudo isso é o reflexo, porém adoração vai além de só cantar e falar, é um estilo de vida praticado diariamente pelo cristão nascido de novo, não apenas fruto de uma boa retórica ou shows pirotécnicos.
1) Culto a Deus.

Para que possamos entender Adoração é necessário termos em mente que tudo o que fazemos para Deus é culto a Deus, ou deveria ser. I Cor.10:31 “Portanto, quer comais quer bebais, ou façais, qualquer outra coisa, fazei tudo para glória de Deus.”
Depende para quem fazemos se para nós, para os homens, ou para Deus.

2) Onde começa o Culto a Deus?

-Desde o momento em que levantamos até deitarmos, somos templos vivos onde um Deus vivo habita em nós. Efésios 2:22 “no qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus no Espírito”.
-Na igreja (Templo) demonstramos o reflexo da nossa intimidade diária com Deus.
-Na Igreja celebramos junto com os irmãos o que Deus tem feito por nós durante a semana.
-No Trabalho nosso culto a Deus se manifesta no testemunho que damos não em palavras, mas em atitudes, em Casa Idem.

3) Adoração Verdadeira

-É fruto de um coração transformado e regenerado que se expressa em cada atitude que tomamos quer na igreja quer fora dela.
-É Fruto de um coração sincero e quebrantado que reconhece de onde foi tirado.
-É fruto de quem foi liberto da soberba, do orgulho, da arrogância e ganhou um coração manso e humilde.

4) O Verdadeiro Adorador

-Não precisa impressionar ninguém, seu alvo é conquistar o coração do Pai.
-Foge das contendas, falatórios, desavenças, fofocas etc.
-É Amigo da comunhão, da Paz, da reconciliação, portanto é Amigo de Deus.
-Reflete seu estilo de vida de adorador amando os irmãos do jeito que o Pai ama.

5) Barreiras à Verdadeira adoração

-Resumindo: Tudo que desagrada ao Pai e fere a comunhão não é Culto a Deus e não pode ser considerado Adoração e nem um adorador quem não se atenta para isto, o fruto da carne produz morte. Gálatas 5:19-21 , como consequência não herdarão o reino de Deus.
Ter em mente que:

1)Os Frutos de um adorador trazem vida. Gálatas 5;22-25

2)Louvor e Adoração são para Deus e não para os homens.
3)E mais ainda, lembrar que o Dono da Igreja anda no meio dela e tem controle sobre tudo, Apocalipse 2;1

Devemos escolher a que grupo faremos parte, se dos verdadeiros adoradores ou dos "artistas" do nosso tempo.

Que Deus nosso Pai abençoe a todos
por: Mauricio Pereira do Carmo

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

Prática do Poder

Prática do Poder ou da Autoridade

Existe grande necessidade nos dias de hoje de cristãos que pratiquem o poder ou autoridade de Deus, para que o verdadeiro cristianismo floresça.

Poder Secular :

Poder do Voto, Poder da Mídia, poder da propaganda, legislativo, executivo, poder militar, político etc.

Poder Espiritual ou Autoridade Espiritual:

É o poder de Deus operando através da igreja.

Exemplos de Poder no V.T. :

Abertura do Mar Vermelho (a maior de todas na minha opnião)
Abertura do Rio Jordão
As Muralhas de Jericó
Chuva de Grande Pedras que mataram os inimigos de Israel (Josué cap 10;11-12) etc.
Entre varios outros.


Exemplos de Poder no N.T.
o Vento e o Mar obedecem a ordem de Jesus
Jesus anda por sobre as águas
Ressurreição de Lazaro ha quatro dias morto.
A ressurreição de Jesus
A sombra de Pedro que curava, lenços de Paulo que curavam etc.

Deus outorgou a igreja (cada um de nós) esse poder/autoridade na grande comissão quando Ele diz;
“me foi dado todo o poder no céu e na terra, portanto ide....”
Foi uma procuração outorgada a nós (Cristãos Verdadeiros) pelo próprio Senhor Jesus, dando-nos plena autoridade para representá-lo aqui na terra.

Poder pra que? Por que Deus quer nos dar Poder?

- Para vencer o Pecado (quando não temos autoridade sobre o pecado, buscamos quebrar maldições hereditárias como desculpa ou jogamos a culpa no diabo)
- Para ser testemunha (Recebereis Poder ao descer sobre vós o Espírito Santo e seris minhas testemunhas .. Livro de Atos)
- Para viver em amor
- Para fazer discípulos
- Para manifestar o reino de Deus aqui na terra, etc.

Como Alcançar esse poder ou essa autoridade?

Em Primeiro lugar não busque o poder em si, busque primeiro intimidade com Deus, a autoridade vem como conseqüência do relacionamento com o Pai e sua Palavra.
Algumas pessoas visam o poder em si e perdem a comunhão com o Pai, no final ouvirão do próprio Jesus caso não se arrependam, "nunca vos conheci apartai-vos de mim para o fogo eterno"

3 passos simples que estão ligados entre si.

1º-Sujeitar-se a Deus (Tiago 4;7 "Sujeitai-vos, pois, a Deus; resisti ao Diabo, e ele fugirá de vós.") Muitos só ficam com a segunda parte; querem amarrar o diabo mas não se dobram a Deus.


2º-Conquistar o coração do Pai (é a maior das conquistas e deveria ser prioridade) , o resto virá a seu tempo.
claro que temos que fazer nossa parte no que diz respeito ao dia a dia, mas a prioridade deve ser o Senhor.

3º-Buscar primeiro o centro da vontade de Deus (o melhor lugar para estar) e aqui está o segredo, fazer exatamente o que o Pai havia escolhido para nós de forma individual.

somos um corpo e como tal existem vários membros cada um com uma função definida, o grande problema é quando a orelha que falar....

Huson Taylor (o projeto de Deus feito do modo de Deus nunca ficará sem o sustento de Deus)

Queremos avivamento, falamos de avivamento, cantamos sobre avivamento, sonhamos com avivamento, porém a chave não está no muito fazer e nem nas emoções e sim estar no centro da vontade de Deus e ter plena certeza disso.


Mauricio Pereira do Carmo – 07-02-08