quarta-feira, 22 de abril de 2009

Diga não ao falso evangelho!

Estou admirado de que tão depressa estejais desertando daquele que vos chamou na graça de Cristo, para outro evangelho, o qual não é outro; senão que há alguns que vos perturbam e querem perverter o evangelho de Cristo.Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos pregasse outro evangelho além do que já vos pregamos, seja anátema.Como antes temos dito, assim agora novamente o digo: Se alguém vos pregar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema. - Gálatas 1;6 a 9 - Anátema: Maldito, excomungado, abominável etc

“e sujeitou todas as coisas debaixo dos seus pés, e para ser [cabeça] sobre todas as coisas o deu à igreja”, - Efésios 1;22.

Determine, exija seus direitos de filho, você é cabeça e não cauda...Só vitória, derrota não, eu quero mais, mais e mais...

Pensando sobre algumas “mensagens” que são descarregadas por ai na mente das pessoas, pouco se ouve falar da vida nova que Cristo, o verdadeiro Cristo oferece।Não se fala em regeneração, pecado, arrependimento e vida em comum.

O tema é: seja feliz custe o que custar, determine a benção, restituição e por ai vai.

O Evangelho foi barateado por profissionais da fé que se escondem atrás da “posição” que ocupam. A retórica é a mesma, honra a teus líderes, sejam sujeitos, não questionem, sigam o que o Apóstolo, Bispo, Pastor, Arcanjo, daqui a pouco, o semideus que está falando, ele é a bola da vez...Quem foi que lhes conferiu tal “posição”? Quem ordenou tal “pregação” tal “profetada”?A simplicidade do evangelho de Cristo foi deixada de lado, vida em comum, tudo em comum, partir o pão de casa em casa. Onde foi parar a simplicidade, a ternura, a comunhão? Ufa! Esse negócio desgasta qualquer um.

Mas graças ao nosso Pai celestial ainda existe um remanescente, um povo que busca voltar às práticas da igreja do primeiro século, gente que está incomodada com a “igreja moderna", institucionalizada, catedralizada (boa essa) e quase sem vida.

Vamos DETERMINAR a volta ao verdadeiro evangelho, onde Jesus é o centro, onde todos os membros atuam livremente guiados pelo Espírito Santo.

Vamos DETERMINAR o direito que todos os remidos têm de serem filhos de Deus e não de homens.

Que Jesus Cristo o único Cabeça da Igreja, governe sobre Seu povo e não um clero escolhido por homens.

O Povo está sobrecarregado com um fardo que não é e nunca foi de Jesus.

A máxima do evangelho não mudou, "Arrependei-vos pois é chegado o reino de Deus...."

No N.T. não encontramos nada, nem uma vírgula sequer das coisas que são pregados hoje em dia.


Diga não ao falso evangelho!

Um abraço: Mauricio Pereira do Carmo
Postar um comentário