sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Um chamado aos Cristãos verdadeiros.

Um chamado aos Cristãos verdadeiros.
“Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele”. (João 14:21)

Ouve-se de tudo, juízes por todos os lados apontam o dedo em riste sentenciando este ou aquele. A mídia mais uma vez se alimenta do sofrimento alheio, na busca por audiência, pelo furo de reportagem, pela venda de mais revistas e jornais, exploram desmedidamente a dor e tristeza de pessoas que foram afetadas direta ou indiretamente pelo desabamento do teto da igreja.
Entre os juízes podemos facilmente encontrar muitos dos chamados “evangélicos”, aqueles que não sabem discernir entre o dia e a noite, cujos corações estão voltados para si mesmos, que tem os olhos voltados para o próprio umbigo, onde a fé focaliza o tangível, o bem, o palpável e não sabem que são cegos e estão nus. (Apocalipse 3:17).
Estes “juízes” agora cospem no prato que comeram, fazem coro com os acusadores de plantão, aqueles cujo pai é o príncipe deste mundo que veio para matar, roubar e destruir. (João 10;10).
Como igreja de Jesus Cristo, digo a verdadeira igreja, os verdadeiros filhos de Deus, todos aqueles que lavaram suas vestes no sangue do cordeiro, nasceram de novo, são guiados pelo Espírito Santo. A esses digo; não podemos concordar com qualquer tipo de acusação contra pessoas que Deus tem levantado como instrumentos, seja na Igreja A ou B, não fomos chamados para sermos juízes de nada, e a verdadeira noiva de Jesus não tem placa, ela é composta de pessoas que amam, servem e vivem para Deus.
Os erros e acertos serão julgados por quem tem competência para tal, nossa parte é orarmos para que nosso Pai derrame uma graça especial sobre nossa nação.
Estamos vendo a imoralidade ganhando terreno, o pecado toma forma, um ser que está dominando as massas.
O povo que se chama pelo nome do Senhor, precisa se levantar em oração e ação, contra o mal que está ganhando espaço, tendo em mente, que o fato ocorrido, pode ter sido mais uma estratégia do inferno para desmoralizar o cristianismo, pois esse tem sido e será por um bom tempo, o intento de satanás; destruir a credibilidade do evangelho, se possível, destruindo de dentro para fora.
Oremos, pelos irmãos que passaram por esta terrível batalha, oremos pela liderança, para que o Pai os cubra com graça abundante, a fim de que todos nós povo de Deus espalhados pelo Brasil, de todas as denominações, saíamos vitoriosos e sejamos achados íntegros perante a face do nosso Deus e Pai.
“Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor é de Deus; e todo o que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. 1ºJoão 4;7

Saudações
Mauricio Pereira do Carmo
Postar um comentário