segunda-feira, 17 de março de 2008

O Privilégio e a responsabilidade de ser templo de Deus

Efesios 2;21-22-23 “edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, sendo o próprio Cristo Jesus a principal pedra da esquina;”
“no qual todo o edifício bem ajustado cresce para templo santo no Senhor,”
“ no qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus no Espírito.”

Hebreus 3;6 “mas Cristo o é como Filho sobre a casa de Deus; a qual casa somos nós, se tão-somente conservarmos firmes até o fim a nossa confiança e a glória da esperança.”

1Pedro 2;5vós também, quais pedras vivas, sois edificados como casa espiritual para serdes sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais, aceitáveis a Deus por Jesus Cristo.”

ICorintios 3;9 “Porque nós somos cooperadores de Deus; vós sois lavoura de Deus e edifício de Deus.”

ICorintios 3;16-17Não sabeis vós que sois santuário de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós?”
“Se alguém destruir o santuário de Deus, Deus o destruirá; porque sagrado é o santuário de Deus, que sois vós.


ICorintios 6;19Ou não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que habita em vós, o qual possuís da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?”

ICorintios 6;16E que consenso tem o santuário de Deus com ídolos? Pois nós somos santuário de Deus vivo, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.”

ICorintios 6;17Mas, o que se une ao Senhor é um só espírito com ele.”



De acordo os textos acima, somos Casa de Deus, Santuário de Deus, Edifício de Deus.

Como santuário, templo e morada de Deus, temos o privilégio de ter a presença do Espírito Santo dentro de nós 24hs por dia e 365 dias por ano. Somos templo vivo e que anda por ai a fora carregando a presença do Deus criador.
Imagine isso, o Espírito Santo o mesmo que ressuscitou Jesus dentre os mortos, o mesmo Espírito que se movia sobre a face das águas lá em gênesis cap. 1. e que trabalhou na criação, o mesmo Espírito que esteve com Elias, Eliseu, Moises, Josué, Sansão, o mesmo Espírito que arrebatou Felipe, que curava através da sombra de Pedro, lenços de Paulo, o mesmo Espírito que hoje ainda escreve o livro de Atos habita dentro de cada cristão nascido de novo.
Somos privilegiados por carregarmos dentro nós o maior tesouro de todo o universo, o Espírito Santo.
Se cada um dos verdadeiros filhos de Deus atentasse para isso, que impacto poderíamos causar neste mundo? na cidade em que vivemos?no bairro?dentro do lar?nos relacionamentos? Já pensou nisso?
Quando entendermos que nosso irmão assim como nós carrega dentro de si o mesmo poder, o mesmo Espírito que nós, então as diferenças darão lugar ao respeito, o temor irá fazer com que tenhamos cuidado e reverência ao falar de alguém que carregada o mesmo que nós.
Os falatórios sem propósito darão lugar a palavras de edificação mutua, haverá perdão, reconciliação, alegria de sermos todos um só corpo, irmãos e irmãs vão se olhar com ternura e amor, não haverá divisão, partidarismo, “panelas”
. Então finalmente veremos Deus nosso Pai se mover no meio do povo, os sinais vão acontecer, pessoas vão se achegar querendo fazer parte da família de Deus, veremos acontecer o mesmo que em Atos cap. 4 e 5 “..havia uma só alma um só coração...e como conseqüência o Espírito Santo se moveria com liberdade em nosso meio.
Precisamos urgentemente entender que todos somos um só corpo, que todos carregam dentro de si o mesmo Espírito, que quando um é ferido todo o corpo sofre.
Quando entendermos e vivermos como família de Deus e templo vivo de Deus, o mundo irá reconhecer que somos filhos do Deus altíssimo.

Por: Mauricio Pereira do Carmo