quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

A Verdadeira Adoração

A Verdadeira Adoração e Culto a Deus
21-02-2008

Quando falamos em adoração logo nos vem à mente música lenta, um dirigente a frente de uma banda conduzindo uma congregação a cantar para Deus, pessoas com as mãos erguidas chorando, orando, falando em línguas etc.
Essa imagem é própria do que vivemos atualmente no nosso meio, associamos música à adoração o que não é errado e faz parte inclusive, tudo isso é o reflexo, porém adoração vai além de só cantar e falar, é um estilo de vida praticado diariamente pelo cristão nascido de novo, não apenas fruto de uma boa retórica ou shows pirotécnicos.
1) Culto a Deus.

Para que possamos entender Adoração é necessário termos em mente que tudo o que fazemos para Deus é culto a Deus, ou deveria ser. I Cor.10:31 “Portanto, quer comais quer bebais, ou façais, qualquer outra coisa, fazei tudo para glória de Deus.”
Depende para quem fazemos se para nós, para os homens, ou para Deus.

2) Onde começa o Culto a Deus?

-Desde o momento em que levantamos até deitarmos, somos templos vivos onde um Deus vivo habita em nós. Efésios 2:22 “no qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus no Espírito”.
-Na igreja (Templo) demonstramos o reflexo da nossa intimidade diária com Deus.
-Na Igreja celebramos junto com os irmãos o que Deus tem feito por nós durante a semana.
-No Trabalho nosso culto a Deus se manifesta no testemunho que damos não em palavras, mas em atitudes, em Casa Idem.

3) Adoração Verdadeira

-É fruto de um coração transformado e regenerado que se expressa em cada atitude que tomamos quer na igreja quer fora dela.
-É Fruto de um coração sincero e quebrantado que reconhece de onde foi tirado.
-É fruto de quem foi liberto da soberba, do orgulho, da arrogância e ganhou um coração manso e humilde.

4) O Verdadeiro Adorador

-Não precisa impressionar ninguém, seu alvo é conquistar o coração do Pai.
-Foge das contendas, falatórios, desavenças, fofocas etc.
-É Amigo da comunhão, da Paz, da reconciliação, portanto é Amigo de Deus.
-Reflete seu estilo de vida de adorador amando os irmãos do jeito que o Pai ama.

5) Barreiras à Verdadeira adoração

-Resumindo: Tudo que desagrada ao Pai e fere a comunhão não é Culto a Deus e não pode ser considerado Adoração e nem um adorador quem não se atenta para isto, o fruto da carne produz morte. Gálatas 5:19-21 , como consequência não herdarão o reino de Deus.
Ter em mente que:

1)Os Frutos de um adorador trazem vida. Gálatas 5;22-25

2)Louvor e Adoração são para Deus e não para os homens.
3)E mais ainda, lembrar que o Dono da Igreja anda no meio dela e tem controle sobre tudo, Apocalipse 2;1

Devemos escolher a que grupo faremos parte, se dos verdadeiros adoradores ou dos "artistas" do nosso tempo.

Que Deus nosso Pai abençoe a todos
por: Mauricio Pereira do Carmo
Postar um comentário